• Selfyi Plus

Por uma Psicologia sem fronteiras

Conheça a startup que acredita na Psicologia sem Fronteiras, psicologia que inclui, acolhe e abraça todas as subjetividades.

2 / 100

Num dos momentos em que o cuidado com a saúde mental virou, inclusive assunto Olímpico, startup de São Paulo, nasce com o objetivo de tornar a “psicoterapia sem fronteiras” — pensando principalmente nas pessoas que, por diversas razões, ainda não tenham tido acesso a psicoterapia.

A startup, fundada por Michely Ciardulo, graduanda do último período de Psicologia e formada em Recursos Humanos, tem objetivo principal desmistificar o acesso à saúde mental, criar uma comunidade de Psicólogos, além de oferecer à população acesso à terapia com custos mais acessíveis e facilitar o contato entre clientes e Psicólogos.


Dos preconceitos aos holofotes

Michely, que ocupa a cadeira de CEO da empresa, conta que, durante sua trajetória profissional em times de Recursos Humanos, e até durante a graduação em Psicologia, se deparou com falas que transitavam entre a crença — comum, mas equivocada — de que “fazer terapia é caro” e até mesmo, medo de julgamento.

A CEO também relata que as dificuldades de acesso à psicoterapia também afetam os estudantes de psicologia, que precisam passar pelo processo de psicoterapia durante a graduação e muitas vezes não conseguem, por dificuldades em localizar um profissional ou questões financeiras.

Com a pandemia, o isolamento social e, mais recentemente, ao desistir da participação nas provas de ginástica artística durante as Olimpíadas de Tóquio, Simone Biles (atleta da delegação estado-unidense) acabaram ajudando a trazer para os holofotes a importância do cuidado com a saúde mental, que é capaz, não só, de impactar a saúde física de cada indivíduo (doenças psicossomáticas, entre outras), como o convívio social e desempenho profissional.

Democratizar e tornar acessível

Pensando em democratizar o acesso a Psicoterapia, Selfyi, vem com a proposta de criar um ambiente virtual sem amarras e sem taxas, no qual os profissionais não dependerão da plataforma para realizarem seus atendimentos.

O paciente entra em contato direto com o psicólogo (a) e juntos decidem quais ferramentas serão utilizadas para realizar as sessões, o objetivo é facilitar e agilizar a conexão entre ambas as partes.

Pensando em tornar a psicoterapia de fato, sem fronteiras, a startup estipula valores mínimo e máximo — que podem variar entre R$ 40,00 e R$ 200,00 por sessão na modalidade de atendimento Online — praticados pelos psicólogos da plataforma a fim de que a psicoterapia alcance o maior número de pessoas.

Através de um cadastro gratuito (sem a necessidade de pagamento mensal), a Selfyi espera “construir uma grande comunidade de psicólogos e estudantes de psicologia, para fomentar a troca de experiências, aprendizados, debates, atividades, workshops e mais” — explica Michely Ciardulo.

ESG (Environmental, Social and Governance).

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, a perda de produtividade resultante da depressão e da ansiedade, dois dos transtornos mentais mais comuns, custa à economia mundial US$ 1 trilhão por ano.

Nesse sentido o conceito, ESG (Environmental, Social and Governance) que vem ganhando cada vez mais espaço no mundo corporativo, principalmente no âmbito Social, como bem-estar físico e emocional dos colaboradores passa a ser uma questão cada dia mais importante e necessária. Empresas que desejam ter seus objetivos alcançados, precisam ter um olhar também voltado ao seu principal ativo: o “capital humano” e construir um ambiente de trabalho saudável e favorável para os colaboradores.

“Fazer psicoterapia auxilia o colaborador a melhorar sua forma de se expressar e se comunicar, a conhecer seus limites, criar estratégias saudáveis de trabalho e a se relacionar melhor de forma geral” — Conclui Michely Ciardulo.

Pensando nisso a Startup, desenvolveu um projeto cujo objetivo é levar a psicoterapia para dentro das organizações de forma humanizada, focada no indivíduo e suas potencialidades. O ser humano é biopsicossocial, “separar pessoal do profissional” se torna complicado, para não dizer impossível, já que ambos são parte de uma mesma pessoa.

Faça terapia

R$70,00 sessão

Carolina Monteiro Da Silva Ferreira

CRP: 03/23490
R$80,00 sessão

Taynara Elias Força

CRP: 16/3794
R$100,00 sessão

Larissa Cunha Brondani

CRP: 07/34084
R$60,00 sessão

Júlia Avelar Rossetto

CRP: 06/162881
R$70,00 sessão

Louise Helena Souza Barbosa

CRP: 04/61706
R$60,00 sessão

Laiz Costa De Almeida

CRP: 03/23901

Os melhores Psicólogos você encontra aqui, agende agora mesmo sua primeira sessão.

Agendar sessão